Google Analytics: Tutorial completo sobre a melhor ferramenta de estatísticas

Google Analytics é uma ferramenta gratuita oferecida pelo Google. Com ela pode saber quantas pessoas visitam o seu site, quais são as páginas mais visitadas, a idade, os interesses, assim como saber desde que rede social acederam ao seu site. Depois de analisar todas as estatísticas, vai poder definir a sua estratégia para conseguir mais conversões e visitas.

Este tutorial do Google Analytics em Português é focado principalmente em todos os novatos que querem aprender a analisar o seu site ou blog.

É essencial saber quais são os assuntos que geram mais visitas. Se não fosse assim, como iria saber qual é o conteúdo que deve escrever no seu blog?

Se tiver o seu site vinculado ao Google Analytics, vai poder orientar todo o seu conteúdo aos assuntos que mais interesse suscitam nos seus visitantes, aproveitando ao máximo todos os posts que você escrever. Para quem escreve num blog é essencial aproveitar o seu tempo de uma forma o mais eficiente possível.

Depois de ler este post, você vai saber como abrir uma conta no Google Analytics, aprender como colocar o seu código de acompanhamento no seu site, aprender todo o vocabulário básico de analise de sites, averiguar quantas pessoas visitam o seu site, qual a idade dos seus visitantes, desde que país ou dispositivo efetuam essa visita. Assim vai poder definir novos objetivos que irão associados a conversões. Vamos ver todos os relatórios disponíveis para você analisar todos os dados um a um e compreender onde deve melhorar.

No final deste post vou lhe oferecer alguns recursos que eu uso para que assim você possa ter uma ideia geral da analise que eu faço e vai saber como ter acesso na sua conta.

Criando uma conta no Google Analytics

O primeiro passo para avançar neste tutorial,  é criar uma conta no Google Analytics. Para tal é essencial ter um email no Gmail, ou seja, algo como “seunome@gmail.com”. Se ainda não tem conta, aproveite para criar uma antes de começar este tutorial, através deste link.

Se já tiver uma conta gmail, visite este link. Clique no botão Iniciar Sessão , introduza os dados da sua conta Gmail e depois  prima o botão Inscrever-se.

Google Analytics

Feito isso, agora vai lhe aparecer um formulário onde deve preencher todos os dados que lhe forem pedido como:

  • Nome da Conta: Escreva o seu nome e o seu apelido
  • Nome do Website: Aqui escreva o nome do site que quiser adicionar ao Google Analytics
  • URL do Website: Escreva o dominio, no meu caso é eraempreendedora.com
  • Categoria do seu: Escolha o setor ao que pertence o seu site.
  • Zona horaria de relatórios: Como é lógico escolha a sua zona horaria.

Agora é a altura de pressionar o botão azul Obter ID de Controlo, para assim poder obter o seu ID de acompanhamento do seu site.

Esse código será exclusivo do seu site, pelo que só irá servir para controlar as visitas desse site.

Como incorporo o Google Analytics no meu site?

O seguinte passo será incorporar esse código gerado no seu site. Iremos ver três maneiras diferentes de fazer esse processo. A primeira forma será inserindo esse código de uma forma manual. O segundo método é talvez o método mais fácil e por isso é o que eu recomendo, através do plugin do GeneratePress premium. O terceiro método é através da instalação de um plugin.

1º Método: Incorporando o código manualmente

Ao contrario do que a maioria das pessoas deve pensar, não é necessário saber nada sobre programação. Não se preocupe este passo é muito simples. Para tal só tem que entrar na sua conta do Google Analytics ir a Administração > Informação de Acompanhamento > Código de Acompanhamento. Agora é só copiar esse código.

Google Analytics - Código de Acompanhamento

O seguinte passo será colocar esse código no seu site. Dirija-se ao Painel de Administração do seu site e no caso do WordPress procure Apresentação -> Editor. Irão aparecer vários ficheiros do seu tema, mas o que nos interessa neste caso é o header.php. Depois de selecionar esse ficheiro procure a tag </head> e copie o conteúdo do seu código, num espaço vazio antes dessa tag. Posteriormente não se esqueça de Atualizar o Ficheiro para guardar as modificações do seu ficheiro.

Guia Google Analytics

2º Método: Usando o addon Hooks do template Generate Press (Recomendado)

O processo é ainda mais fácil para quem usar o tema mais extraordinário da atualidade, o GeneratePress. O addon do GeneratePress Hooks do GP vai lhe facilitar o processo. Basta ir a Apresentação -> Hooks do GP -> wp_head e colocar o seu código conforme a seguinte imagem.

Guia Google Analytics

Tutorial de Google Analytics: Primeiras definições.

Antes de começar a usar o Google Analytics, é importante que você perceba as definições de algumas coisa básicas. Assim iremos ter a certeza que você não se perde durante o processo. Conheça as principais:

  • Sessões: são as visitas que o seu site teve.
  • Utilizadores: é o número de pessoas diferentes que visitaram o site. Se eu visitar o seu site 3 vezes num dia, só será contada uma visita.
  • Número de sessões por utilizador: isso faz referência ao número de páginas que os seus usuarios visitaram. Se eu navegar no seu site por 4 secções diferentes, as páginas vistas serão 4.
  • Páginas/Sessão: é a média de páginas que visita um usuário antes de sair do seu site. Se eu visitar 3 páginas e você visitar 5, a média que irá mostrar o Google Analytics será 4.
  • Duração média da sessão: é a média de tempo que os utilizadores nuvem no seu site.
  • Taxa de rejeição: é a percentagem de usuários que visitaram seu site mas não interagiram.
  • Percentagem de novas sessões: é a percentagem de utilizadores que visitam o seu site pela primeira vez.
  • Conversão: é a acção que você deseja que um usuário faça no seu site. Pode ser por exemplo, fazer uma compra no seu site. Pode até ser uma subscrição ao seu blog ou simplesmente visitar mais de 3 páginas no seu site.
  • Trafego: quando falamos em trafego queremos fazer referência á quantidade de usuários que visitam o seu site.
  • SEO: básicamente faz referencia á otimização do seu site, para melhorar a sua posição no Google por exemplo.
  • Métrica: é o conjunto de dados que se pode quantificar. Por exemplo, as sua visitas são uma métrica.
  • Dimensão: este ponto está relacionado com as caraterísticas dos seus utilizadores. Por exemplo, a cidade a que pertencem.

Agora que já conheceu os conceitos básico do Google Analytics, vamos analisar com mais detalhe a sua estrutura.

Estrutura do Google Analytics

Quando comecei a usar o Google Analytics, quase que tive um infarto depois de ver a quantidade de informação e estatísticas que tinha ao meu dispor. Aliás nem sabia por onde começar! Ao principio pensei que fosse um simples contador de visitas, mas estava muito longe da realidade. Por má sorte minha, naquela altura não tinha ainda encontrado um tutorial tão completo como este!

Uma vez que você entra na sua conta, vai se deparar com quatro secções:

  • Página inicial: aqui vai poder encontrar informação geral sobre o seu site. Quantos utilizadores estão ativos neste momento, a origem do seu tráfego, entre muitas outras informações
  • Personalização: a maneira mais fácil de criar e personalizar todos os seus relatórios.
  • Relatórios: esta vai ser a secção que você mais vai usar. Esta secção vai lhe permitir visualizar todos os dados do seu site. O público-alvo, a procedencia das suas visitas, o sexo, idade e muito mais.
  • Administração: Que lhe vai permitir gerir todas as suas propriedades, sites associados, aplicar novos filtros, etc…

Relatórios

Esta é a parte fundamental deste tutorial, pois com estes relatórios vamos poder extrair informação, assim como conclusões relevantes para o nosso negócio. Vamos conhecer as principais potencialidades de todas estas ferramentas e saber o que podemos fazer com elas. Toda essa informação encontra-se disponível no menú lateral, na secção relatórios.

Relatórios de público-alvo

Se você aceder ao menú lateral esquerdo Relatórios -> Público-Alvo -> Descrição geral, vai aceder a um relatório geral do seu site. Estes relatórios vão lhe mostrar o numero de utilizadores, sessões,  páginas vistas, a duração media da sessão, taxa de rejeição assim como novos utilizadores. Outro aspeto importante que pode ver nesta seção são os dados demográficos, o tipo de dispositivo usado por todos os utilizadores e a língua que usam os mesmos.

A evolução das visitas no seu site também é outra das informações relevantes que é apresentado nesta secção. Neste painel vai poder escolher o período que deseja analisar, comparar datas saber se realmente estão a melhorar as suas estatísticas.

Por exemplo, imagine que você está a investir em algum tipo de publicidade e quer saber se realmente a sua estratégia está a funcionar. Se vejo que o gráfico está a evoluir de uma boa maneira, é bom sinal. Caso contrário, imagino que não devo estar a proceder da melhor maneira pelo que tenho que melhorar a estratégia. Nada disto seria possível sem o Google Analytics! Não é extraordinário?

Além disso, você pode ainda ver os dados numéricos das suas estatísticas, que lhe informam sobre o país de procedencia das suas visitas, a língua, o tipo de dispositivo que usam (Smartphone, tablet, pc). Se desejar dados mais específicos, você pode clicar nos diferentes links para saber mais informação. Pode, por exemplo saber de onde os seus utilizadores visitam o seu site, para isso só terá que selecionar Dados demográficos-> País.

Podemos também destacar o outro gráfico em forma de circulo, que nos dá informação dos novos utilizadores vs utilizadores que regressaram. Um fator que pode ser crucial saber, se esta a construir um novo projeto, sabendo assim se despertou o interesse em novos utilizadores.

Novos utilizadores vs utilizadores que regressaram ao seu site

Para ver mais especificamente quantos utilizadores novos entraram no seu site vá a Público-alvo -> Comportamento -> Novo vs Retorno.

Imagine que acabou de inaugurar o seu blog de viagens. Nesta fase, deve captar novos utilizadores e os seus esforços devem se concentrar na partilha de conteúdos nas redes sociais, publicando o seu blog en fóruns, conseguir que otros blogs divulguem os seus links, etc.

Se você se concentrar nessa tarefa, será inevitável aumentar a percentagem de novos utilizadores e diminuir os utilizadores que regressam. Se reparar que essa estratégia não funciona, significa que o seu objetivo não está a ser cumprido. Para tal terá a certeza que terá que mudar de estratégia.

Relatório de Aquisição

Google Analytics

Outro relatório que não podemos deixar passar neste tutorial é o relatório de aquisição. Basicamente faz referencia á maneira como os utilizadores chegam ao nosso site. Se for á descrição geral, vai dispor de muita informação sobre os canais de onde chegam os seus novos visitantes.

Existem 5 canais pelos quais os utilizadores podem chegar:

  • Organic Search: este faz referência aos usuarios que acedem ao seu site através de motores de pesquisa como o Google. São utilizadores que chegaram ao seu site depois de terem pesquisado algo relacionado com o seu site.
  • Direct: é o trafego proveniente das pessoas que escreveram o seu dominio e entraram diretamente. Por exemplo, se escrever eraempreendedora.com irá aparecer como direct. Como é lógico, também conta as visitas de pessoas que entraram no seu site atraiés dos favoritos.
  • Social: como o nome bem indica, são aqueles que vêm diretamente das redes sociais, não importa qual.
  • Referral: este faz parte de usuarios que acederam através de outros sites. Por exemplo, se você tiver um link do meu site no seu blog e alguém entrar através desse link no meu site.
  • Other: visitas que não podem ser catalogadas em nenhuma das anteriores.

Mas qual é o melhor tipo de visitas?

Isso é muito relativo, dependendo sempre do tipo de objetivos que você tiver. No entanto, eu diria que é melhor umas percentagens mais ou menos divididas. Imagine que, por exemplo, algum desses canais deixa de funcionar como deveria funcionar, dessa forma poderia compensar as perdas. Mas também diria que é bom ter muitas visitas orgánicas, pois isso vai lhe garantir visitas constantes e a longo prazo.

Para quem decide apostar nas redes sociais, também é relevante saber qual a rede social que melhor funciona. Imagine que você está a despender tempo e dinheiro para difundir o seu conteúdo em muitas redes socias, para assim atrair novos utilizadores. Se souber que redes sociais funcionam melhor, poderá aproveitar melhor  seu tempo nessas redes sociais. Partilhar o seu conteúdo pode fazer com que você perca muito tempo e esse tempo poderia ser dedicado a criar mais conteúdo ou a melhorar o SEO.

 

Se quiser ver o relatório completo terá que ir a Aquisição -> Redes Sociais -> Descrição Geral.

Relatório de Comportamento

Google Analytics

Este relatório vai lhe permitir analisar toda a informação relacionada com o que os seus utilizadores fazem no seu site. Aqui poderá ver a taxa de rejeição e as visualizações da página. A única diferença é que aqui pode ver o ranking das páginas com mais visualizações do seu site. É maravilhoso não acha?

Cabe destacar uma das secções incluidas dentro dos relatórios de comportamento e é o Fluxo de Comportamento. Vá até Comportamento -> Fluxo de Comportamento. A informação disponível aqui vai lhe permitir saber o comportamento dos seus utilizadores. Dito por outras palavras, imagine que você está agora neste post e depois salta para outro post, eu iria ver nessa secção que você saiu deste post e entrou no outro.

Esta informação pode ser utilizada, para ver quais são os post que provocam as rejeições por parte dos teus utilizadores. Se vir que algum post provoca que os seus utilizadores abandonem o seu site; isso pode ser devido a que não se veja corretamente em todos os dispositivos, ou demora muita a carregar e as pessoas cansaram-se de esperar. Talvez até deveria ter mais links internos para ter mais visualizações.

Relatório em tempo real

Este relatório mostra os utilizadores, a sua localização, de que fonte ou canal visualizam o nosso conteúdo, assim como qual o post, categoria ou página onde se encontram. Tudo isso, como o seu próprio nome india em Tempo Real. Algo que pode ser realmente útil para saber os efeitos de alguma campanha que esteja a fazer no Facebook por exemplo.

Além do mais com este relatório pode saber se incorporou corretamente o código do Google Analytics no seu site. Pode comprovar entrando no seu site. Passados uns segundos vai ver como você também aparece na lista.

Este será o aspeto do relatório em tempo real:

Eventos Intelligence

Até agora vimos a parte mais básica dos relatórios que o Google Analytics põe ao seu dispor para você preparar e otimizar a sua estratégia. É realmente importante que esteja atento ao tráfego do seu site, os canais que mais geram conversões, a proveniência dos seus utilizadores, etc.

Embora você deve estar sempre atento ás suas estatísticas, também não deve ficar obcecado com os resultados. Não esperar um site hoje e amanhã ter muitos utilizadores entrando no seu site. É uma coisa que precisa algum tempo e também muito trabalho a nivel Seo, entre outras coisas.

O Google inventou uma ferramenta que lhe vai facilitar a sua tarefa, para não ter que entrar todos os dias no painel de estatísticas. Tem como nome Eventos de Intelligence e vai lhe permitir saber se tem algum problema com o seu site; assim como o desempenho geral do seu site.

Esta ferramenta deteta as modificações do seu site que sejam foram do normal e vai lhe avisar mediante notificações automáticas, através do seu e-mail. Essas notificações são principalmente sobre a variação do tráfego do seu site, a variação da taxa de rejeição, assim como as variações das conversões.

Imagine, que tem um tráfego de visualizações 3000 diárias, pode assim configurar um evento de inteligente para lhe avisar que o seu trafego diminui drásticamente, por exemplo um 30%.

E como posso criar esses eventos?

Criar eventos é muito fácil vá a Administração -> Alertas personalizados -> Novo Alerta. Crie um novo alerta, onde poderá escolher um nome para o Alerta; selecionar o periodo e escolha as condições do alerta. Depois selecione Enviar-me um email quando este alerta for accionado.

Se usarmos o exemplo anterior, criaremos um novo alerta, neste caso escolhi o nome diminuição do tráfego. Na parte “Aplicar a”, escolha o site ou sites aos quais deseja aplicar este alerta. Depois selecione o Dia e marque a opção “Enviar-me um email quando este alerta for accionado” e adicione o seu e-mail onde irá receber o alerta.

Na seguinte secção escolha as as Condições do Alerta, para o nosso exemplo aplicaremos essa condição a todo o tráfego. Na parte inferior escolhemos sessão e no seguinte quadro escolhemos “% diminui mais do que” e colocaremos por exemplo 25%. Agora guarde o Alerta e cada vez que o tráfego diminuir mais do que 25%, você receberá uma notificação no seu e-mail, quando essa condição se cumprir.

Google Analytics

Conclusão

Gostou deste Tutorial do Google Analytics? Concentrei todo o meu esforço e dedicação para lhe tentar explicar os principais aspetos desta ferramenta. Se leu este tutorial com calma, agora terá os conhecimentos suficientes como para poder analisar melhor as estatísticas dos seu site e assim poder melhorar a estratégia do seu site.

Este tutorial é só um pequeno resumo desta ferramenta tão poderosa como o Google Analytics. Neste post analisamos as principais características, pelo que agora é a sua vez de brincar e analisar os resultados do seu site.

Se tiver alguma pergunta, não duvides em escrever mais abaixo nos comentários, eu prometo que tentarei ser o mais breve possível na resposta.

Lembre-se que se gostou e acho que também pode ser útil a mais pessoas como você, por favor, partilhe este conteúdo nas redes sociais.

About Ivo Pereira

Previous

Themeforest: As principais razões para não comprar lá os seus templates

Livros para empreendedores: Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes

Next